Estréia em Portugal filme brasileiro sobre o caso de Alagoinha



09h - 26 de janeiro de 2012

Estréia em Portugal nesta quinta-feira, dia 26, o filme brasileiro País do Desejo. Ele foi exibido originalmente no Festival de Cinema de Gramado, no ano passado, mas ainda não teve estréia nacional no Brasil.

O filme utiliza como pano de fundo o caso da menina de Alagoinha, no Recife. Em 2009, a menina ficou grávida após anos de abuso sexual cometidos pelo padrasto. Como a gestação era fruto de estupro e representava risco para a vida da garota, ela fez um aborto, conforme está previsto na legislação brasileira.

No filme a história é contada como centro da crise de um padre católico que se posiciona contra a decisão do Arcebispo da Igreja de excomungar a mãe, a menina e os médicos que estiveram envolvidos no aborto, mas que também salvaram a vida da menina.

“Nos meus filmes eu sempre procuro alguma forma de provocação, como provocar as instituições. E a igreja é uma delas”, declarou o diretor.

O caso de Alagoinha teve grande repercussão nacional e internacional. Foi escandaloso pela intervenção da Igreja, na tentativa de impedir que a menina pudesse escolher pela interrupção da gestação, ao ponto de o Bispo José Cardoso Sobrinho declarar a uma rede de televisão que não excomungaria o padrasto, estuprador e causador de toda aquela situação, porque “aborto é pior que estupro”.

País do Desejo tem 85min e não tem previsão de estréia nacional prevista.