compartilhar
de de

Atentados no metrô de Moscou deixa pelo menos 37 mortos

Duas explosões no sistema de metrô de Moscou, na Rússia, nesta manhã, deixaram pelo menos 37 pessoas mortas. Dois homens-bomba teriam provocado as explosões.

A primeira explosão ocorreu na estação central de Lubyanka, deixando 25 mortos e dez feridos. A segunda explosão aconteceu na estação de Park Kultury, matando 12 pessoas e deixando 12 feridos.

A sede do Serviço de Segurança Federal do País fica acima da estação do metrô. As autoridades russas atribuíram o atentado a duas mulheres-bomba ligadas a grupos insurgentes islâmicos do Cáucaso, possivelmente da Chechênia.

Nos últimos dez anos, Moscou registrou uma série de explosões reivindicadas por militantes chechenos que lutam pela independência da região dominada pela Rússia. O último ataque tinha sido em 2004, com 41 mortos e 250 feridos.